MATÉRIA | Você conhece o Luvbook?

Você é autor independente e não consegue publicar a sua obra? Já imaginou se você mesmo pudesse fazer isso sem precisar esperar angustiado pelas respostas das editoras, de forma gratuita e criando você mesmo as suas oportunidades? Podendo interagir com os seus leitores, receber críticas construtivas e ainda ganhar visibilidade no mercado literário, parece um sonho? Bom, esse sonho já é bem real! Vem comigo conhecer a Luvbook que eu vou te explicar tudo nas próximas linhas.

Resultado de imagem para luvbook appA Luvbook é uma plataforma digital brasileira voltada para escritores independentes e amantes da literatura. Lançada em 2016, ela tem como objetivo facilitar e possibilitar a auto-publicação de livros, de forma gratuita e online, possibilitando uma maior visibilidade para os autores entre as editoras nacionais.

A ideia base da plataforma não é nenhuma novidade, visto que esse tipo de site é bem comum em países como os Estados Unidos, por exemplo. Mas, é a primeira vez que isso chega ao Brasil como criação nacional, voltada para os escritores e leitores brasileiros. Acredito que a plataforma veio para contribuir, e muito, com o nosso mercado literário.

A rede de interação criada pela Luvbook traz benefícios para todos os seus usuários. Os leitores têm acesso gratuito aos livros e podem acompanhar (quase) em tempo real os avanços de escrita do autor, e os autores recebem um feedback instantâneo de seus leitores, de forma que podem sentir se estão levando a obra pelo caminho certo. Além de criarem uma conexão maior com os leitores, estabelecendo uma possível base de fãs.

A interface da Luvbook traz um grande número de mecanismos para os usuários, tais como marca d’água personalizada, para evitar o plágio, chat, possibilidade de curtir, comentar e concursos exclusivos.

Assim que descobri a plataforma já quis criar uma conta, o que é bem simples e pode ser feito por cadastro ou pelo Facebook.  Logo que comecei a usá-la percebi a facilidade para encontrar as ferramentas dentro do site, já que é tudo bem intuitivo. A minha experiência com a Luvbook foi bem positiva e vejo nessa plataforma um negócio promissor e uma excelente oportunidade!

luvbook 1

Tivemos a oportunidade de entrevistar a fundadora do Luvbook, Carla Juncioni, e conhecer com mais profundidade suas propostas e motivações.  Numa entrevista objetiva e bastante esclarecedora, podemos visualizar as ambições do Luvbook para o mercado editoral e digital.

CdL – Quais foram as suas motivações na criação da Luvbook? 

Carla Juncioni – Como sou uma leitora compulsiva e conheci em 2015 outras plataformas mundiais de leitura com mesma proposta, vi nesse segmento uma oportunidade de empreender e também atuar de uma maneira segmentada apenas a nível Brasil. Fiz um plano de negócios em que tracei todo um cronograma para chegarmos aos apps em 2018.

CdL – Quando você enxergou a necessidade de uma plataforma como essa no mercado literário brasileiro? 

CJ – Devido a ter muitos autores amigos e ver a dificuldade que encontram em serem lidos e conhecidos, percebi que seria bacana uma rede social literária onde o foco é o autor brasileiro, com um atendimento diferenciado. Assim, começamos primeiro com a plataforma web , na qual qual lançamos a versão Beta em novembro de 2016 e a versão oficial em abril de 2017. A partir disso, começamos a formular uma estratégia gradativa de crescimento.

CdL – Quais são os planos para o crescimento e melhoramento da plataforma?

CJ – Primeiro lançarmos nossos aplicativos e até final do ano lançarmos a venda exclusiva de ebooks dentro do app e um sistema de gamificação que é tipo um ranking de leitores , com pontuação e selos, que vêm dos games para ajudar no engajamento dos usuários.

CdL – Eu vi que vocês têm a intenção de criar um aplicativo para a Luvbook, você já tem alguma data prevista para o lançamento?

CJ – Estamos em desenvolvimento de nossos aplicativos Android e iOS, que serão lançados neste primeiro semestre de 2018 para atender um maior público e temos como meta atingirmos um púbico de 50 mil usuários até 1 semestre de 2019.

CdL – Como podemos saber se as editoras usam a Luvbook como forma de encontrar novos escritores? Vocês têm algum controle dos acessos das editoras aos livros publicados na plataforma?

CJ – Não temos como mensurar, por enquanto, por segmento como editoras.

CdL – Algum livro publicado na plataforma já conseguiu ser publicado fisicamente?

CJ – Fizemos um Concurso Literário em parceria com a Ler Editorial, em que os 4 finalistas serão publicados gratuitamente este ano através de uma Coletânea sob tema Amizade. Tivemos por volta de 100 autores participando e foi bem bacana essa experiência.

CdL – Para o futuro do Luvbook você imagina que se manterá como plataforma livre,ou existe a possibilidade de viabilizar publicações próprias ou até mesmo virar uma editora?

CJ – Pretendemos continuar como uma plataforma livre enquanto os livros estiverem sendo publicados em capítulos e também ter a venda dos ebooks dentro dos aplicativos e não temos planos de virar editora por enquanto.

E então, o que você achou dessa novidade? Se você achou tão incrível quanto eu e quer conhecer melhor, acesse o site aqui e boa sorte!

Resultado de imagem para luvbook app

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: